×

Alerta

EU e-Privacy Directive

This website uses cookies to manage authentication, navigation, and other functions. By using our website, you agree that we can place these types of cookies on your device.

View Privacy Policy

View e-Privacy Directive Documents

You have declined cookies. This decision can be reversed.

Técnicos Oficiais de Contas (Total de Artigos: 3)

Sub-Categorias

Ética e Deontologia

(Total de Artigos: 1)

Os Toc são, frequentemente, confrontados com anúncios de colegas ou entidades com promessas de prestação de serviços a preços irrisórios ou mesmo aviltantes. Naturalmente que, nesses casos, o comum dos Toc questiona-se sobre como é possível trabalhar, pelo menos seriamente, com aqueles honorários, de todo inconcebíveis, além de se lamentarem de tais práticas que conduzem, inevitavelmente, ao aviltamento da profissão, quando esta necessita de afirmação, pondo em causa todo um caminho de credibilização que tem vindo a ser percorrido. No actual quadro legal, nomeadamente face às leis da concorrência, não é fácil solucionar este problema. No entanto, equacionam-se aqui alguns…
Quem, ao longo dos últimos vinte anos, acompanhou de perto os técnicos oficiais de contas, pôde constatar uma enorme revolução de mentalidades na atitude e na forma do desempenho profissional. Aliás, outra coisa não seria de esperar face à regulamentação oficial da profissão. Os TOC passaram de meros profissionais inscritos na DGCI, sem conteúdo funcional definido, a profissionais legalmente reconhecidos, com notório interesse público, com a inerente e crescente responsabilização, dotados de uma Estatuto que define o seu conteúdo profissional, os integra numa entidade reguladora, com poderes legalmente delegados pelo Estado, a quem foi conferida a incumbência de regular e,…

Homo Homini Lupus

Escrito por sexta, 01 maio 1998
Deparamos frequentemente com situações de conflito entre técnicos oficiais de contas causadas por alteração da pessoa responsável pela contabilidade. O cliente entende que deve mudar de técnico oficial de contas e o novo profissional, ávido de agradar ao, e cativar o, cliente assume desde logo a defesa deste contra o seu antecessor, indiferente às eventuais vicissitudes que motivaram a substituição.Em nosso entender, tal procedimento é incorrecto do ponto de vista deontológico. O técnico oficial de contas, ao ser contratado para executar uma determinada contabilidade, deve assumir um atitude de respeito pessoal e profissional pelo colega que o antecedeu, não devendo…